Vida

Depois de ser acusado de abuso sexual, ator de 'A Culpa é das Estrelas' reage: "Foi consensual"

Ator nega versão dos factos apontada pela jovem.

Depois de ser acusado de abusar sexualmente de uma jovem, o ator Ansel Elgort emitiu um comunicado, através das redes sociais, e quebrou o silêncio sobre o assunto.

Gabby, como é identificada a alegada vítima, garante que tudo aconteceu em 2014, quando tinha 17 anos e o protagonista do filme ‘A culpa é das Estrelas’, agora com 26, estava na casa dos 20. A jovem diz, numa publicação no Twitter, que se envolveu sexualmente com o artista. No entanto, Ansel Elgort decidiu continuar com o ato sexual mesmo depois de perceber que esta estava a sofrer com dores.

O ator garante que tudo se tratou de uma relação consensual e nega a versão dos factos apontada pela jovem.

"Não posso dizer que entendo os sentimentos de Gabby, mas a sua descrição dos eventos não é o que aconteceu", começou por dizer o ator.

"Eu nunca agredi e nunca agrediria alguém. O que é verdade é que em 2014, em Nova York, quando eu tinha 20 anos, Gabby e eu tivemos uma relação breve, divertida e inteiramente consensual", garantiu.

Anser Elgort diz então que a acusação poderá ter surgido pela forma como terminou a relação com a alegada vítima.

"Infelizmente, eu não lidei bem com o fim da relação. Parei de lhe responder, o que é uma coisa imatura e cruel de se fazer a alguém. Eu sei que essa desculpa não me absolve do meu comportamento inaceitável quando eu desapareci", explicou.

"Olhando para trás e para a minha atitude, sinto-me enojado e extremamente envergonhado pela forma como agi. Sei que preciso continuar a refletir, aprender e trabalhar para crescer em empatia", rematou.