Politica

PCP diz que é preciso “resolver a situação dos transportes públicos” na Grande Lisboa

Jerónimo de Sousa acrescentou que o PCP “não está contra” as medidas restritivas anunciadas pelo Governo, mas deve-se garantir, por exemplo, transportes públicos em “condições”.

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, considerou esta terça-feira que é necessário “ir para o terreno” e seguir o rasto das cadeias de transmissão da covid-19. Além disso, é preciso “resolver a situação dos transportes públicos” nas zonas da Área Metropolitana de Lisboa, afetada pelo aumento de casos do novo coronavírus.

Jerónimo de Sousa acrescentou que o PCP “não está contra” as medidas restritivas anunciadas pelo Governo, mas deve-se garantir, por exemplo, transportes públicos em “condições”. O líder do PCP falava no final da audiência com o presidente da República para avaliar o Orçamento Suplementar e a crise sanitária.

Sobre a realização da Festa do Avante, Jerónimo de Sousa reiterou que o seu partido irá sempre pesar as circunstâncias, mantendo a ideia da realização da festa no primeiro fim de semana de setembro.