Sociedade

Sete detidos em operação policial da PSP à claque No Name Boys

Força de segurança explicou que, ao longo de quase um ano, foram investigados vários crimes, entre os quais danos e homicídio na forma tentada.

Sete pessoas foram detidas esta quinta-feira na sequência da operação policial da Polícia de Segurança Pública (PSP) que visou crimes praticados por um grupo de indivíduos pertencentes ao grupo No Name Boys, claque não oficial de apoiantes do Benfica, segundo o SOL apurou junto de fonte oficial da PSP.

A força de segurança já havia explicado em comunicado que, ao longo de quase um ano, foram investigados vários crimes, entre eles roubos, ofensas à integridade física qualificadas, danos e homicídio na forma tentada, praticados por um grupo de indivíduos pertencentes à claque No Name Boys.

As diligências da PSP estiveram concentradas em vários locais da zona metropolitana de Lisboa.

"Decorrem neste momento várias diligências processuais e investigatórias, nomeadamente, buscas domiciliárias e não domiciliárias, bem como o cumprimento de vários Mandados de Detenção fora de Flagrante Delito, emitidos por Autoridade Judiciária", havia acrescentado a PSP na nota divulgada.