Sociedade

Morreu utente infetado em lar de Reguengos de Monsaraz

Lar tem 92 casos ativos.

Morreu um dos idosos que estava infetado com o novo coronavírus no lar de Reguengos de Monsaraz, em Évora, esta quarta-feira ao final do dia. A notícia foi confirmada esta quinta-feira pela câmara municipal.

“É com total consternação que informamos que aconteceu ontem ao final do dia uma fatalidade com o falecimento de um idoso que se encontrava no Lar e já anteriormente testado positivo”, informou o presidente da Câmara de Reguengos de Monsaraz, José Calixto, em comunicado.

Na mesma nota, o autarca revela que foram registados no concelho 122 casos positivos acumulados, dos quais oito curados e 114 ativos.

Do total de casos ativos, 92 foram registados no lar e 22 na comunidade. No lar, 22 testes positivos são de trabalhadores e 70 de utentes.

Encontram-se quatro utentes do lar internados no Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE), um dos quais nos cuidados intensivos, e está também internado um dos profissionais da instituição.