Sociedade

GNR acaba com festa ilegal na Comporta

Na festa estavam cerca de 40 pessoas.

A Guarda Nacional Republicana (GNR) pôs termo, esta quinta-feira, a uma festa com dezenas de pessoas numa moradia na Comporta.

Em comunicado, a força de segurança explica que, na sequência de uma denúncia, os militares do destacamento territorial de Grândola da GNR dirigiram-se ao local, onde constataram que estavam cerca de 40 pessoas no evento privado. A GNR acabou por pôr termo à festa, uma vez que infringia as regras definidas no combate à pandemia.

Depois de identificarem o responsável pela festa, os militares explicaram-lhe que não é permitido o ajuntamento superior a 20 pessoas. No evento estavam o dobro das pessoas permitidas.

As pessoas presentes acataram as indicações da GNR e cessaram a festa.