Sociedade

Número total de internados desce, mas há mais três pessoas nos cuidados intensivos

Portugal ultrapassou este sábado a barreira dos 41 mil infetados.

Segundo o boletim da situação epidemiológica em Portugal, revelado este sábado pela DGS, já morreram 1.561 pessoas infetadas com o novo coronavírus, desde o início do surto no país, mais seis óbitos face ao boletim de ontem – o que representa um aumento de 0,39%.

Nas últimas 24 horas foram confirmados mais 323 novos casos, elevando o total de diagnósticos positivos para 41.189 - que se traduz numa subida de 0,79%. Destes casos, 255 (79%) foram diagnosticados na região de Lisboa e Vale do Tejo

Há 442 doentes internados, menos 15 do que no balanço anterior. 70 pessoas do total de hospitalizados encontram-se em Unidades de Cuidados Intensivos, mais três do que ontem.

O número de recuperados voltou a subir, passando de 26.633 para 26.864. mais 231 do que na atualização anterior. No entanto, este é o sexto dia consecutivo em que o número de novos casos supera o de recuperados. A última data em que houve mais recuperações do que novos casos foi no último domingo.

A aguardar resultados laboratoriais estão 1.627 pessoas e as autoridades de saúde têm em vigilância 31.255 contactos.

Entre os concelhos do país com mais de mil infetados destacam-se: Lisboa (3.347), Sintra (2.499), Loures (1.756), Vila Nova de Gaia (1.634), Amadora (1.601), Porto (1.414), Matosinhos (1.292), Braga (1.256), Gondomar (1.093) e Odivelas (1.060).

Recorde-se que a região de Lisboa e Vale do Tejo ultrapassou o Norte em número total de casos na quarta-feira.

Casos confirmados:

625 meninos e 549 meninas com menos de 10 anos;
764 rapazes e 888 raparigas entre os 10 e os 19 anos;
2.758 homens e 3.213 mulheres entre os 20 e 29 anos;
3.077 homens e 3.464 mulheres entre os 30 e 39 anos;
3.022 homens e 3.847 mulheres entre 40 e os 49 anos;
2.722 homens e 3.789 mulheres entre os 50 e os 59 anos;
1.996 homens e 2.273 mulheres entre os 60 e 69 anos;
1.410 homens e 1.585 mulheres entre os 70 e os 79;
1.675 homens e 3.503 mulheres casos com mais de 80 anos;
16 homens e 13 mulheres cujo grupo etário é desconhecido
18.065 casos do sexo masculino e 23.124 do sexo feminino

Óbitos:

1 homem e 1 mulher entre os 20 e os 29 anos;
1 homem e 1 mulher entre os 30 e os 39 anos;
10 homens e 8 mulheres entre os 40 e os 49 anos
35 homens e 15 mulheres entre os 50 e os 59 anos;
97 homens e 46 mulheres entre os 60 e os 69 anos;
181 homens e 119 mulheres entre os 70 e os 79 anos;
455 homens e 591 mulheres com mais de 80 anos.
780 óbitos do sexo masculino e 781 do sexo feminino

Consulte aqui o boletim na íntegra.