Sociedade

CDS quer novas medidas de apoio a banhistas, concessionários e nadadores-salvadores

Partido apresenta esta segunda-feira um projeto de resolução.

O CDS apresenta esta segunda-feira um projeto de resolução com medidas de apoio à assistência a banhistas em tempos de pandemia de covid-19, nomeadamente a existência de vigilância nas praias não vigiadas, entre outras propostas. 

“Os números dos primeiros cinco meses do ano são preocupantes na medida em que tivemos um acréscimo de 64% no que toca a mortes por afogamento. Isto é preocupante”, admitiu ao i o deputado do CDS João Gonçalves Pereira.

Ajuda a concessionários
Além da proposta de vigilância, o CDS apela ainda a que se dê mais atenção aos concessionários das praias. “É necessário criar um apoio excecional para que os concessionários das praias vigiadas possam fazer face à redução da atividade e adaptarem-se a todas as obrigações de segurança”, pode ler-se no projeto de resolução.

Nadadores-salvadores
O partido sugere ainda que se criem incentivos sociais e fiscais para quem trabalhar sazonalmente como nadador-salvador, bem como sejam fornecidos todos os equipamentos de proteção necessários. “Há que promover também campanhas de sensibilização face ao risco de afogamento”, é referido.