Cultura

Cirque du Soleil quer reestruturação para evitar falência

A empresa deu entrada com um pedido de proteção judicial esta segunda-feira.

A companhia Cirque du Soleil deu entrada, esta segunda-feira, com um pedido de proteção judicial, recorrendo à Lei de Acordo de Credores das Empresas - um estatuto do Parlamento do Canadá que permite que as empresas insolventes efetuam uma reestruturação, de modo a evitar falência.

O pedido será analisado esta terça-feira no Tribunal Superior de Quebec e a multinacional irá também procurar auxílio ao abrigo do Capítulo 15, que permite que as empresas recuperam em casos de insolvência.

Em causa estão os cancelamentos dos espetáculos. O setor é um dos mais eftados economicamente, juntamente com com o turismo e a restauração.