Sociedade

Número de mortos associados ao surto no lar em Reguengos de Monsaraz sobe para cinco

O número de mortos do surto de covid-19 no lar de Reguengos de Monsaraz subiu para cinco, depois de ter morrido uma mulher de 89 anos, que estava hospitalizada, informou a câmara municipal.

A mulher encontrava-se internada no Hospital do Espírito Santo de Évora e terá morrido na segunda-feira, "cerca das 15h", lê-se no comunicado da autarquia.

Este é o quinto óbito associado ao surto no lar e o terceiro no hospital de Évora, depois de as duas primeiras mortes terem ocorrido entre aqueles que permaneciam no lar da Fundação Maria Inácia Vogado Perdigão Silva, em Reguengos de Monsaraz, no distrito de Évora.

O concelho regista atualmente um total de 148 casos, oito dos quais já foram dados como curados e cinco óbitos. Dos 135 casos ativos relacionados com o último surto, o município registou 92 na FMIVPS e 43 na comunidade.