Sociedade

"Importante é que a TAP sirva Portugal e os portugueses", defende Marcelo

Para o chefe de Estado deixar cair a companhia aérea "não é uma hipótese que sirva os portugueses".

Numa altura em que uma possível nacionalização da TAP está em cima da mesa, Marcelo Rebelo de Sousa disse, esta terça-feira, que o “importante é que a TAP sirva Portugal e os portugueses”.

O Presidente da República destacou as ligações aéreas que a transportadora permite entre o continente e as regiões autónomas, mas também com as comunidades de todo o mundo sendo por isso “ muito importante” para o nosso país.

“As companhias de aviação estão todas a atravessar uma situação dramática”, disse, acrescentando que deixar cair a TAP “não é uma hipótese que sirva os portugueses” e que o Governo deve adotar “a melhor solução possível” para que a companhia aérea continue a servir o interesse nacional.

Recorde-se que esta terça-feira, o ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, já tinha dito que TAP é "demasiado importante” para o país para que se deixe “cair”.