Sociedade

Sindicato quer que benefícios aprovados para trabalhadores do SNS sejam alargados aos polícias

Sinapol diz reconhecer “a justeza” da medida aprovada no âmbito do Orçamento Suplementar, “mas considera que os profissionais de polícia devem igualmente ser alvo de um reconhecimento que não se traduza apenas em louvores”.

O Sindicato Nacional da Polícia (Sinapol) quer que o prémio de desempenho e os dias de férias extra aprovados pelo parlamento para os trabalhadores do Serviço Nacional de Saúde (SNS) envolvidos no combate à pandemia de covid-19 sejam alargados à PSP.

"O Sinapol entende que o prémio de desempenho e os dias de férias extra que hoje foram aprovados na Assembleia da República, para os trabalhadores do Serviço Nacional de Saúde, diretamente envolvidos no combate à pandemia, sejam alargados aos polícias que estiveram e continuam a estar diretamente envolvidos no combate à pandemia", refere um comunicado do sindicato, citado pela agência Lusa.

O Sinapol diz reconhecer “a justeza” da medida aprovada no âmbito do Orçamento Suplementar, “mas considera que os profissionais de polícia devem igualmente ser alvo de um reconhecimento que não se traduza apenas em louvores”.

O sindicato "apela ao Governo, para aplicar aos profissionais da Polícia de Segurança Pública, medidas semelhantes às agora aprovadas na Assembleia da República para os trabalhadores do SNS”.

"Se o governo entender não o fazer, demonstra cabalmente estar a discriminar de uma forma negativa, os profissionais da Polícia de Segurança Pública que estão sempre na linha da frente na defesa da República, dos cidadãos e da democracia", remata a nota.