Vinagrete

Juízes de mal a pior

Não podemos esquecer que, quem confiou na Justiça Nacional, está a 3 anos a deixar na rua por aí esta confiança, e não considerará com a mesma leveza um óptimo prazo.

por Pedro d'Anunciação

Um dirigente sindical dos Juízes que escreve habitualmente num diário de Lisboa insurgiu-se contra o Presidente Marcelo Rebelo de Sousa, por este ter apontado ‘a lentidão da Justiça’ como um dos maiores reparos que lhe merece o caso dos incêndios de Pedrógão Grande, no final destes 3 anos.

Segundo este dirigente dos juízes, o processo que apurou responsabilidades por este caso do tal incêndio em que morreram cerca de 60 pessoas, com nomes e apelidos (não podemos ficar-nos salinisticamente pelas estatísticas, que impressionam sempre menos), foi tratado para julgamento em pouco mais de um ano. E o tal dirigente sindical dos juízes acha este prazo fantástico.

Pelo que presumo que considerará errado ao menos outros casos mais demorados. Ainda assim, não podemos esquecer que, quem confiou na Justiça Nacional, está a 3 anos a deixar na rua por aí esta confiança, e não considerará com a mesma leveza um óptimo prazo.