Economia

Reino Unido bane Huawei da rede 5G

A decisão foi oficializada pelo Conselho de Segurança Nacional britânico e vai obrigar que as empresas do setor tenham que desligar todos os equipamentos desta marca que sirvam de base ao funcionamento do 5G até 2027. 

O Governo britânico proibiu as empresas de telecomunicações britânicas de adquirirem novos equipamentos fabricados pela Huawei e lançou as bases para a expulsão total da empresa chinesa da rede 5G na região.

A decisão foi oficializada pelo Conselho de Segurança Nacional britânico e vai obrigar que as empresas do setor tenham que desligar todos os equipamentos desta marca que sirvam de base ao funcionamento do 5G até 2027.

A partir desse ano, a Huawei estará totalmente de fora da rede móvel de quinta geração no Reino Unido, espera o executivo. Além disso, as operadoras terão dois anos para abandonar a tecnologia desta marca na rede de fibra ótica.

Nos últimos meses, a Huawei passou a enfrentar sanções adicionais dos Estados Unidos, que consideram a empresa um risco para a segurança nacional, devido aos alegados vínculos com o regime chinês.

O grupo chinês das telecomunicações Huawei anunciou que faturou 454.000 milhões de yuan (57.098 milhões de euros), nos primeiros seis meses do ano, um aumento de 13,1% em relação ao mesmo período do ano anterior.

A empresa acrescentou que mantém o compromisso de trabalhar com fornecedores e outros parceiros industriais para “manter as redes de telecomunicação a funcionar, acelerar a transformação digital e apoiar os esforços para conter os surtos e retomar a atividade económica”.