Internacional

Estátua de mulher negra substitui estátua de comerciante de escravos em Bristol

Durante os protestos Black Lives Matter, Jen Reid e outros manifestantes atiraram a estátua do comerciante ao Rio Avon

Jen Reid, uma manifestante que protestou e ajudou a derrubar a estátua de Edward Colston, um comerciante de Bristol, que se tornou rico através do tráfico de escravos africanos para a América, foi homenageada com uma escultura que foi colocada no lugar da estátua de Colston, que tinha sido erguida no ano de 1895. 

Durante os protestos Black Lives Matter, Reid e outros manifestantes atiraram a estátua do comerciante ao Rio Avon. E o artista contemporâneo britânico Marc Quinn decidiu utilizar a imagem de Reid, depois de ver várias fotografias na internet, com o punho fechado, para eternizar o momento. “Achei aquilo incrível. Ela deu vida a uma obra de arte extraordinária apenas com esse gesto. Precisava de ser cristalizada num objeto e recolocada no pedestal antes ocupado por Edward Colston”, disse o artista à imprensa internacional.

A estátua foi erguida esta quarta-feira de manhã. Foi ainda colocado um cartaz com a inscrição “black lives still matter” (vidas negras ainda importam). “É simplesmente incrível”, disse a manifestante, enquanto posava para as fotografias, com a mesma pose da estátua.