Politica

Assembleia Municipal de Lisboa. PSD defende uso obrigatório da máscaras na rua

“Meias medidas e recomendações não estão a funcionar", escrevem os sociais-democratas.

A bancada do PSD da Assembleia Municipal de Lisboa defendeu, esta quinta-feira, o uso obrigatório de máscaras na rua e propõe que o Executivo avace com um mandado municipal nesse sentido.

“Em Lisboa temos assistido a uma tremenda dificuldade em compreender a evolução da pandemia. Perante esta incerteza, e com a protecção da saúde pública em mente, o PSD quer propor um mandato municipal que obrigue ao uso de máscara em espaços públicos, dentro ou fora de portas”, lê-se em comunicado.

Os sociais-democratas argumentam que “nos países e regiões em que o uso de máscara em público é mais comum, os surtos estão mais controlados”, que já há “informação científica a confirmar a eficácia das máscaras”.  Na nota, assinada pelo presidente da bancada social-democrata, lê-se ainda que “a grande maioria das fontes de contágio podem ser bloqueadas com uma simples cobertura de tecido”.

O PSD em Lisboa defende ainda que esta é a forma mais segura de evitar novos confinamentos - os quais o primeiro-ministro já disse que o país não ia aguentar - e pede medidas "mais eficazes". “Meias medidas e recomendações não estão a funcionar. Se queremos ter comportamentos sociais minimamente normais durante uma crise de saúde pública destas dimensões, dificilmente encontramos uma solução mais simples para aliar a contenção à prevenção”, lê-se.