Politica

Rui Rio elogia Passos Coelho pela "coragem" de dizer "não" a Ricardo Salgado

Salgado pediu a Passos apoio para o BES através da CGD, mas o então primeiro-ministro rejeitou.

O presidente do PSD destacou, esta sexta-feira, o momento em que Passos Coelho teve a coragem de dizer "não" a um homem "poderoso", referindo-se ao episódio com Ricardo Salgado em 2014 como um "ato muito raro" na política portuguesa.

Rui Rio foi mais longe nos elogios ao antigo líder dos sociais-democratas: "Muitos dos que fizeram elogios nem terão entendido bem a dimensão" do que Passos Coelho fez na altura.

"Porque eu ouço ligar isso à atual acusação dizendo que o então primeiro-ministro pegou num criminoso e evitou que o criminoso continuasse com o crime. Ora bom, se fosse isso que o doutor Passos Coelho tivesse feito não tinha valor praticamente nenhum, porque nós dizermos que não a um criminoso é a nossa obrigação", afirmou, acrescentando: "O doutor Passos Coelho nem sabia se o doutor Ricardo Salgado era criminoso ou não, ainda hoje nós suspeitamos, mas não temos a situação transitada em julgado".

Sublinhe-se que o episódio que está a valer vários elogios a Passos Coelho remonta a 2014, quando recusou o pedido de Ricardo Salgado para apoiar o BES através da Caixa Geral de Depósitos.