Sociedade

MAI abre inquérito a atuação da GNR e agentes da proteção civil em incêndio em Santo Tirso

54 animais morreram na sequência do incêndio.

O ministro da Administração Interna determinou, esta segunda-feira, a abertura de um inquérito para o apuramentos dos factos relacioandos com a atuação da Guarda Nacional Republicana (GNR) e dos agentes de Proteção Civil durante o incêndio que, neste fim de semana, atingiu dois canis na zona florestal da Agrela, no concelho de Santo Tirso.

Na sequência do incêndio incêndio, que atingiu o "Cantinho das Quatro Patas" e o "Abrigo de Paredes", terão morrido 54 animais, tendo 190 animais sido recolhidos com vida - 113 foram recolhidos por instituições e canis municipais e 77 terão sido recolhidos por habitantes.

Os dois locais que acolhiam os animais eram ilegais.