Economia

Lucros do BCP na Polónia caem 79% no primeiro semestre

Foram constituídas provisões relacionadas com riscos legais associados a empréstimos concedidos em moeda estrangeira, com os riscos da Covid-19 e com o reembolso antecipado de crédito pessoal.

O lucro do Bank Millennium, banco polaco detido em 50,1% pelo Banco Comercial Português (BCP), caiu 79% no primeiro semestre do ano para 72 milhões de zlótis (16,2 milhões de euros) face ao período homólogo. 

O BCP adianta ainda que, excluindo itens não habituais, o resultado líquido atingiu 394 milhões de zlótis (89,1 milhões de euros) no primeiro semestre e 204 milhões de zlótis (46,1 milhões de euros) no segundo trimestre 2020, um aumento de 8% no 1.º semestre e uma redução de 14% no 2.º trimestre, em termos homólogos.

O Bank Millennium constituiu provisões no valor de 168 milhões de zlótis (38,1 milhões de euros) relacionadas com riscos legais associados a empréstimos concedidos em moeda estrangeira, 69,3 milhões de zlótis (15,7 milhões de euros) de provisões relacionadas com os riscos da Covid-19 e 60,5 milhões de zlótis (13,7 milhões de euros) de provisões relacionadas com o reembolso antecipado de crédito pessoal.