Sociedade

Três homens abusaram sexualmente de oito familiares em Tomar durante décadas

Os crimes foram “cometidos de forma transgeracional ao longo dos últimos 40 anos”.

Foram detidos três homens suspeitos de abuso sexual de crianças, violação e violência doméstica agravados, em Tomar, esta quinta-feira. De acordo com a Polícia Judiciária, os crimes foram cometidos durante décadas sobre oito vítimas, com idades entre os 5 e os 68 anos, que eram familiares dos agressores. 

Os crimes foram “cometidos de forma transgeracional ao longo dos últimos 40 anos”, de acordo com uma nota das autoridades enviada às redações. Os três detidos têm 38, 43 e 71 anos. As vítimas são todas do sexo feminino e foram ao longo dos anos “sujeitas a atos sexuais de relevo, bem como maus-tratos físicos e psíquicos”.

Apesar dos crimes terem durado décadas, as autoridades descobriraram apenas a situação recentemente e após a emissão de mandados de detenção pela autoridade judiciária competente. Agora, os suspeitos aguardam o primeiro interrogatório judicial, que está previsto realizar-se esta tarde no Juízo de Instrução Criminal de Santarém, de acordo com declarações de uma fonte judicial à Lusa.