Sociedade

Efemérides de 28 de julho

1914 A Áustria-Hungria, à época um império espicaçado pelos alemães, declarou guerra à Sérvia há 106 anos, após o ultimato do dia 23 de Julho relacionado com o assassinato do arquiduque Francisco Fernando, iniciando-se assim de facto a Primeira Guerra Mundial, à qual o Império Austro-Húngaro não sobreviveu.

1131 Foi fundado há 889 anos o Mosteiro de Santa Cruz, em Coimbra, da Ordem de Santo Agostinho, base de apoio a Afonso Henriques, na fundação da nacionalidade.

1446 Foram publicadas há 574 anos as Ordenações Afonsinas, conjunto de Leis de D. Afonso V, que se toma pelo primeiro Código Penal português.

1903 Greves operárias no Porto, há 117 anos, acentuaram o clima de oposição à Monarquia, tendo as paralisações começado pelos tecelões e estendendo-se a outros sectores.

1914 A Áustria-Hungria, à época um império espicaçado pelos alemães, declarou guerra à Sérvia há 106 anos, após o ultimato do dia 23 de Julho relacionado com o assassinato do arquiduque Francisco Fernando, iniciando-se assim de facto a Primeira Guerra Mundial, à qual o Império Austro-Húngaro não sobreviveu.

1945 Um bombardeiro B-25 colidiu há 75 anos acidentalmente contra o Edifício Empire State, vitimando 14 pessoas.

1951 As Nações Unidas aprovaram há 69 anos, em Genebra, a Convenção Relativa ao Estatuto dos Refugiados, à qual Portugal aderiu à Convenção após o 25 de Abril de 1974, só entrando em vigor, na ordem jurídica portuguesa, em julho de 1976.

2004 A União Africana fez há 16 anos a denúncia oficial do genocídio de Darfur (no Sudoeste do Sudão).

2005 O Parlamento aprovou há 15 anos o projeto de limitação de mandatos dos autarcas, com efeito prático a partir de 2013.

2015 Os EUA retiraram há 5 anos Cuba da lista de países ineficazes contra o tráfico humano dentro da iniciativa de aproximação com Havana de Obama, agora contestada por Trump.