Vida

Programa de Ellen DeGeneres alvo de investigação interna

Em causa estão queixas de vários ex-funcionários sobre o ambiente laboral.

O programa de Ellen DeGeneres está a ser alvo de uma investigação interna, após vários funcionários se terem reunido e apresentado várias queixas contra o ambiente que se vive nos bastidores do famoso talk show, avançou o The Hollywood Reporter. A investigação interna irá ficar a cargo da WarnerMedia, que irá entrevistar os funcionários e ex-funcionários para averiguar a veracidade das queixas apresentadas.

Os ex-funcionários do programa de DeGeneres dizem que se vive uma  cultura tóxica de trabalho”, baseada em “racismo, medo e intimidação” nos bastidores Um dos testemunhos dados ao BuzzFeed foi de uma mulher negra que diz ter sido vítima de racismo durante os 18 meses que trabalhou no talk show.

A mulher contou mesmo um episódio especifíco que viveu no programa, ao lado de outra mulher negra. Segundo a mesma, um mebro sénior da equipa disse-lhes que esperava não as confundir, visto que ambas tinham tranças no cabelo. Os produtores - Ed Glavin, Mary Connelly, e Andy Lassner - negam qualquer tipo de acusação e dizem estar de “coração partido” com a situação. Os representantes da Warner Bros. Television e de Ellen DeGeneres, recusaram comentar o caso.