Sociedade

Diretor-geral da Alimentação e Veterinária demite-se após incêndio em Santo Tirso

Fernando Bernardo estava no cargo desde 2006. 

O Diretor-geral da Alimentação e Veterinária (DGAV), Fernando Bernardo, demitiu-se, esta terça-feira, avançou a SIC Notícias. O responsável não especificou o que motivou a sua demissão, no entanto, o primeiro-ministro fez recentemente várias críticas à entidade, devido ao incêndio em Santo Tirso, que tirou a vida a 73 animais que viviam em dois canis sem condições, e admitiu que o quadro legal da DGAV poderia vir a ser repensado.

"Obviamente, a DGAV não está feita para cuidar de animais de estimação e manifestamente não tem revelado capacidade ou competência de se ajustar à nova realidade legislativa que temos", disse António Costa no Parlamento. 

Fernando Bernardo estava no cargo desde 2006.