Sociedade

Amianto vai ser removido em 255 escolas

Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, vai investir cerca de 30 milhões de euros. Remoção vai ser feita em 58 municípios de Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo e Algarve.

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, vai investir cerca de 30 milhões de euros na remoção de amianto em 255 escolas de Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo e Algarve. A remoção será feita em 58 municípios.

"São quase 300 obras em todos estes municípios que, de certa forma, vêm reafirmar a nossa escola pública, com uma parceria com o poder local democrático", sublinhou o ministro aos jornalistas no Parque da Cidade do Barreiro, em Setúbal.

O secretário de Estado Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Carlos Miguel, referiu ainda que "estamos a falar de 600 mil metros quadrados de amianto" que vai ser substituído.

"São 255 escolas nestas três regiões, em que 163 são na Área Metropolitana de Lisboa, 61 no Alentejo e 31 no Algarve. Estamos a falar de 600 mil metros quadrados de amianto que serão substituídos por outra cobertura", disse.

Além disso, Tiago Brandão Rodrigues falou ainda da dificuldade desta operação de remoção. "Sabemos que é arrojado e complexo de executar, mas é um passo absolutamente decisivo para a erradicação total de todos os materiais com amianto no nosso edificado escolar", concluiu.