Sociedade

Grande Lisboa concentra 72% dos novos casos

Foram confirmados 203 diagnósticos positivos de covid-19 nas últimas 24 horas, durante as quais foram também registadas mais três mortes. As três vítimas tinham todas mais de 80 anos.

Segundo o boletim da situação epidemiológica em Portugal, revelado esta quarta-feira pela DGS, já morreram 1.725 pessoas infetadas com o novo coronavírus desde o início do surto no país. Nas últimas 24 horas registaram-se mais três óbitos, todos com 80 ou mais anos.

No mesmo período foram ainda confirmados 203 novos casos, elevando para 50.613 o número total de diagnósticos positivos, confirmados desde o início da pandemia. Mais de 70% dos novos casos são na Região de Lisboa e Vale do Tejo.

Atualmente há 403 pessoas internadas devido à covid-19, mais uma do que ontem, dos quais 43 estão nos cuidados intensivos.

O número de casos recuperados subiu de 35.626 para 35.875, mais 249 em relação a ontem.

A aguardar resultados laboratoriais estão ainda 1.600 pessoas e as autoridades de saúde têm em vigilância 35.339 contactos.

Casos Confirmados

962 meninos e 821 meninas com menos de 10 anos;
1.073 rapazes e 1.222 raparigas entre os 10 e os 19 anos;
3.586 homens e 4.168 mulheres entre os 20 e 29 anos;
3.934 homens e 4.324 mulheres entre os 30 e 39 anos;
3.742 homens e 4.628 mulheres entre 40 e os 49 anos;
3.294 homens e 4.384 mulheres entre os 50 e os 59 anos;
2.402 homens e 2.678 mulheres entre os 60 e 69 anos;
1.657 homens e 1.865 mulheres entre os 70 e os 79;
1.882 homens e 3.917 mulheres casos com mais de 80 anos;
44 homens e 30 mulheres cujo grupo etário é desconhecido;
22.576 casos do sexo masculino e 28.037 do sexo feminino

Óbitos:

1 homem e 1 mulher entre os 20 e os 29 anos;
1 homem e 2 mulher entre os 30 e os 39 anos;
10 homens e 10 mulheres entre os 40 e os 49 anos
38 homens e 17 mulheres entre os 50 e os 59 anos;
105 homens e 48 mulheres entre os 60 e os 69 anos;
203 homens e 130 mulheres entre os 70 e os 79;
502 homens e 657 mulheres com mais de 80 anos

Consulte o boletim na íntegra