Economia

Lucro da Brisa cai quase 60% para 34,5 milhões de euros

Tráfego caiu quase um terço nos primeiros seis meses do ano.

Os lucros da Brisa Concessão Rodoviária registaram um tombo de 58,8% para os 34,5 milhões de euros nos primeiros seis meses do ano, devido a uma descida de 32,2% no tráfego médio diário na sequência das restrições de circulação impostas pelo Governo no âmbito da pandemia de covid-19.

O resultado operacional (EBITDA), neste período, foi de 147,3 milhões de euros, o que representa uma queda de 36,6% ou de 85,1 milhões face ao período homólogo, avança a empresa em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Nos primeiros seis meses do ano, os proveitos operacionais totalizaram 212,9 milhões de euros, o que representa uma queda de 28,8% face ao período homólogo. As receitas de portagem atingiram os 200,8 milhões de euros, valor que representa uma quebra de 29,7% face ao primeiro semestre do ano passado, “em virtude da já referida queda do tráfego motivada pela pandemia COVID-19 e consequentes limitações impostas pelo Governo à circulação de pessoas e exercício de atividades económicas”.

Já as receitas relacionadas com as áreas de serviço atingiram os 9,4 milhões de euros, menos 11,2% face ao período homólogo.