Economia

ACAP. Número de carros novos cai 44,3% até julho

No mês de julho foram matriculados pelos representantes legais de marca a operar em Portugal 18 101 veículos automóveis, o que representa menos 16,9% do que em julho de 2019.

Entre janeiro e julho de 2020, foram colocados em circulação 96 102 novos veículos nas estradas portuguesas, o que representa uma diminuição de 44,3%, em comparação com igual período do ano passado, anunciou esta segunda-feira a Associação Automóvel de Portugal (ACAP).

No mês de julho foram matriculados pelos representantes legais de marca a operar em Portugal 18 101 veículos automóveis, o que representa menos 16,9% do que em julho de 2019. Destes, 15 209 automóveis são ligeiros de passageiros novos, ou seja, menos 17,5% do que no mês homólogo. De janeiro a julho, as matrículas de veículos ligeiros de passageiros novos totalizaram 80 057 unidades, o que se traduziu numa variação negativa de 45,6% relativamente a igual período de 2019.

O mercado de ligeiros de mercadorias registou em julho de 2020 uma evolução desfavorável, tendo decrescido 19,4% face ao mês homólogo do ano anterior, situando-se em 2529 unidades matriculadas. Nos primeiros sete meses do ano, o mercado de ligeiros de mercadorias atingiu 14 151 unidades, o que representou uma queda de 36,1% face ao período homólogo do ano anterior.

Quanto ao mercado de veículos pesados – o qual engloba os tipos de passageiros e de mercadorias –, no sétimo mês do ano de 2020 verificou-se um aumento de 67,3% em relação ao mês homólogo do ano anterior, tendo sido comercializados 363 veículos desta categoria. De janeiro a julho, as matrículas totalizaram 1894 unidades, o que representou uma queda do mercado de 42,5% relativamente ao mesmo período de 2019.