Cultura

Ator e encenador Juvenal Garcês morre aos 59 anos

Ao longo dos anos, o artista trabalhou com encenadores como Filipe La Féria, João Lourenço e Carlos Avilez.

O ator e encenador Juvenal Garcês morreu, esta terça-feira, aos 59 anos, na ilha da Madeira, segundo declarações de uma fonte da família à Lusa. As causas da morte do artista ainda não são conhecidas. 

O ator nasceu a 31 de maio de 1961 e estreou-se no mundo do teatro em 1977, com  o Grupo Experimental de Teatro do Funchal em 1977, numa encenação do 'Auto da Barca do Inferno'.

Juvenal Garcês encenou várias peças famosas ao longo da sua carreira como 'Hedda Gabler', de Henrik Ibsen e 'A menina Júlia', de August Strindberg.

A peça encenada por Garcês com maior sucesso a nível de bilheteira foi 'As obras completas de William Shakespeare em 97 minutos', com mais de 600 apresentações e cerca de 30 mil espetadores.

Ao longo dos anos, o artista trabalhou com encenadores com bastante reconhecimento como Filipe La Féria, João Lourenço e Carlos Avilez.