Sociedade

Isolamento. MP investiga autarca por desrespeito

Presidente da Câmara Municipal de Paços de Ferreira, Humberto Brito, está a ser alvo de investigação.

O presidente da Câmara Municipal de Paços de Ferreira, Humberto Brito, está a ser investigado pelo Ministério Público por alegado desrespeito à obrigação de isolamento profilático. Isto porque o autarca foi diagnosticado com covid-19.

PGR confirma investigação
A confirmação foi esta terça-feira dada à Lusa pela Procuradoria-geral da República: “Confirma-se a existência de inquérito a correr termos no Departamento de Investigação e Ação Penal da comarca de Porto Este”. Humberto Brito é o único arguido no inquérito-crime aberto.

Bombeiros denunciam caso
Os bombeiros de Paços de ferreira terão feito uma denúncia em julho à GNR dando conta de que o autarca teria desrespeitado “o isolamento profilático de 14 dias a que estava obrigado”. Humberto Brito defendeu-se dizendo que dois dias antes de ser detetada a sua saída já tinha testes com resultado negativo. Disse mesmo que os bombeiros estariam a aproveitar-se da situação para “denegrir” a sua imagem pessoal e política.