Sociedade

Detido pastor suspeito de provocar 12 incêndios em Chaves

Segundo as autoridades, os últimos dois fogos provocados pelo homem aconteceram nos dias 3 de junho e 20 de julho.

Um pastor de 44 anos foi detido, esta sexta-feira, suspeito de ter ateado 12 incêndios na área florestal do concelho de Chaves, no distrito de Vila Real. Os crimes começaram no ano de 2018 até ao ano atual, de acordo com a Polícia Judiciária.

O suspeito está "fortemente indiciado" pela propagação de vários incêndios. Segundo as autoridades, os últimos dois fogos provocados pelo homem aconteceram nos dias 3 de junho e 20 de julho, e “colocaram em perigo uma vasta mancha florestal, constituída por mato e carvalhos, de área agrícola constituída por soutos e lameiros, bem como de várias habitações, de valor consideravelmente elevado, que apenas não foram consumidas devido à rápida intervenção dos bombeiros”, pode ler-se numa nota das autoridades.

O detido vai agora ser presente a interrogatório judicial onde lhe serão aplicadas as medidas de coação tidas como adequadas.