Sociedade

Aluna da UBI recebe bolsa para desenvolvimento de nanovacina para a covid-19

Durante o estudo serão explorados “processos biotecnológicos para a obtenção de um vetor de DNA inovador, o DNA minicircular (mcDNA), que vai codificar as proteínas antigénicas 'Spike' e 'Nucleocapsid' do coronavírus da síndrome respiratória aguda grave 2 (SARS-CoV-2)".

A Universidade da Beira Interior (UBI) anunciou, esta segunda-feira, que uma aluna está a trabalhar no desenvolvimento de uma nanovacina preventiva e terapêutica contra a covid-19.

"Este projeto insere-se na área de investigação do grupo biofármacos e biomateriais e tem como principal objetivo o desenvolvimento de uma nanovacina preventiva e terapêutica contra a doença covid-19", refere a UBI em comunicado, explicando que o projeto está a ser desenvolvido por Dalila Eusébio, uma aluna de doutoramento em Biomedicina.

Esta investigação decorre no Centro de Investigação em Ciências da Saúde da UBI (CICS-UBI) com o nome "Mannosylated minicircle DNA nanovaccine against covid-19", tendo sido também contemplada com com uma bolsa de investigação da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), no âmbito do concurso concurso "Doctorates 4 covid-19".

Durante o estudo serão explorados “processos biotecnológicos para a obtenção de um vetor de DNA inovador, o DNA minicircular (mcDNA), que vai codificar as proteínas antigénicas 'Spike' e 'Nucleocapsid' do coronavírus da síndrome respiratória aguda grave 2 (SARS-CoV-2)", pode ler-se no comunicado.