Internacional

Vacina russa contra a covid-19 foi registada esta terça-feira e vai entrar em circulação no dia 1 de janeiro de 2021

As autoridades russas disseram que os profissionais de saúde, professores e outros grupos serão os primeiros a ser vacinados.

O Presidente russo, Vladimir Putin, disse que a vacina contra a covid-19 produzida no país já foi registada, esta terça-feira, e sublinhou ainda que uma das suas filhas já tomou a vacina e se encontra bem de saúde, em declarações à imprensa internacional. A vacina vai entrar em circulação no dia 01 de janeiro de 2021, segundo o Ministério da Saúde da Rússia. 

Durante os testes em humanos, que ocorreram durante dois meses, as pessoas que tomaram a vacina ganharam uma imunidade duradoura contra a doença. No entanto, o Governo russo não partilhou os resultados científicos com a comunidade internacional, o que deixa os líderes de outros países receosos e com medo que isto seja apenas uma corrida à vacina por parte do país. Apesar de Putin Negar, vários investigadores dizem ter medo que não tenham sido realizados testes suficientes para perceber as consequências que a administração da vacina possa vir a ter.

As autoridades russas disseram que os profissionais de saúde, professores e outros grupos serão os primeiros a ser vacinados.