Sociedade

Mulher detida por atear incêndio florestal com isqueiro de cozinha em Resende

Arguida não possui antecedentes criminais e apresenta evidências de estado depressivo.

A Polícia Judiciária (PJ), através da Diretoria do Norte, com a colaboração da GNR de Resende, deteve uma mulher, de 65 anos, por ser a presumível autora de um incêndio florestal, ocorrido esta terça-feira, em S. Martinho dos Manos, Resende.

Em comunicado, as autoridades revelam que o fogo terá sido provocado com recurso a isqueiro de cozinha. “A área confinante com o terreno onde foi ateado o incêndio, é habitacional com diversas moradias e floresta”, acrescenta a PJ.

Segundo a mesma nota, a arguida não possui antecedentes criminais e apresenta evidências de estado depressivo.

A mulher vai ser presente à competente autoridade judiciária, para primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.