Sociedade

Homem agride mulher durante consulta de psiquiatria em Lisboa

O homem ter-se-á recusado a "aceitar o parecer médico que lhe havia dado alta".

Um homem de 44 anos foi detido, na segunda-feira, por suspeita de violência doméstica depois de, durante uma consulta de psiquiatria, no Hospital de São José, em Lisboa, ter agredido a sua mulher.

Em comunicado, a PSP explica que o homem se recusou a “aceitar o parecer médico que lhe havia dado alta”, tendo alterado o seu comportamento, nomeadamente, alterado o tom de voz e “injuriado todos os presentes”. Segundo a nota, emitida esta quarta-feira, o homem agrediu a sua mulher “de forma espontânea e repentina”, após reagir “de forma imprudente” às forças policiais.

O homem foi presente a tribunal, que lhe decretou a medida de coação de apresentações diárias.