Politica

Festa do Avante!: “Se reduzirem a lotação máxima em 50%, ela passará a corresponder ao Estádio do Porto ou do Sporting completamente cheios”

Marta Temido confirmou, esta quarta-feira, que não seria permitida a presença de 100 mil pessoas na festa do Partido Comunista como nos anos anteriores. 

A Festa do Avante! tem sido um dos maiores temas de debate e discussão entre o Governo e as autoridades de saúde portuguesas. O presidente do PSD, Rui Rio, expressou a sua opinião, através da sua conta oficial de Twitter, esta quarta-feira, e falou sobre a redução do número de pessoas no evento, depois de Marta Temido ter confirmado, esta quarta-feira, que não seria permitida a presença de 100 mil pessoas na festa do Partido Comunista como nos anos anteriores. 

“Se reduzirem a lotação máxima (100.000 pessoas) em 50%, ela passará a corresponder ao Estádio do Porto ou do Sporting completamente cheios”, escreveu Rui Rio, aludindo ao facto de a DGS não permitir a presença de público nos estádios. “Aguardo com expectativa qual será a anunciada redução que o Governo irá fazer, em coerência com a sua obrigação de defesa da saúde pública“, acrescentou o líder. 

Se reduzirem a lotação máxima (100.000 pessoas) em 50%, ela passará a corresponder ao Estádio do Porto ou do Sporting completamente cheios.
Aguardo com expectativa qual será a anunciada redução que o Governo irá fazer, em coerência com a sua obrigação de defesa da saúde pública. https://t.co/eYzzvpUlfH

— Rui Rio (@RuiRioPSD) August 12, 2020