Sociedade

Mora. O surto que transformou um paraíso num deserto

Em maio, a grande preocupação no Alentejo era o verão. O calor chegou e os casos de infeção também. Mora está agora no centro das atenções com 42 pessoas infetadas. Quem lá vive, diz que antes do primeiro caso, a preocupação não era muita.

Nos últimos meses, os habitantes de Mora viam aquela vila como se fosse um paraíso. Aliás, o Alentejo é a região que menos infeções regista, mas cujos surtos identificados nas últimas semanas têm causado preocupação. E, segundo o boletim divulgado ontem, a região do Alentejo, que registou 836 casos positivos, está quase a igualar o Algarve, que contava esta segunda-feira com 980 infeções.

Os casos de infeção em Mora por covid-19 eram inexistentes e há quem diga que, até aparecer a primeira confirmação, os moradores se esqueciam que existia uma pandemia. Agora, são já 42 os casos confirmados e, segundo informações dadas ao i pela Câmara Municipal de Mora, mais de 200 pessoas estão em casa, em quarentena, ou à espera dos resultados dos respetivos testes.

Leia aqui a notícia na íntegra.