Sociedade

Continua em fuga suspeito de matar ex-mulher em Lamego

Crime aconteceu na sexta-feira.


O suspeito de matar a ex-mulher na passada sexta-feira, em Lalim, concelho de Lamego, continua em fuga. Os meios para procurar o homem de 63 anos foram ontem reforçados, estando no terreno dezenas de operacionais da Polícia Judiciária e da GNR. O desaparecimento aconteceu quase há uma semana e as autoridades não descartam a hipótese de o suspeito da morte da ex-mulher estar morto. 

O crime aconteceu quando a mulher estava a caminho do trabalho, acompanhada por uma amiga. De acordo com as testemunhas no local, o homem estava escondido atrás de uns arbustos e atingiu a mulher com oito tiros – a maioria na cabeça. A amiga da vítima também foi baleada numa perna. O casal tinha histórico de violência doméstica, estando o caso registado na GNR. 

Desde o início do ano, morreram dez mulheres em contexto de violência doméstica. Os dados foram avançados esta semana pelo Observatório das Mulheres Assassinadas. Registaram-se também, em contexto de intimidade, 25 tentativas de assassinato.