Politica

Rio diz que Portugal não está preparado para lidar com uma eventual segunda vaga da pandemia

O líder social-democrata defendeu que o Executivo deve avançar com um programa sustentado de recuperação económica, que deve assentar no investimento e na exportação.

O presidente do Partido Social Democrata (PSD) considerou, esta quinta-feira, que Portugal não está preparado para lidar com uma segunda vaga da pandemia de covid-19, justificando que a economia não iria resistir a uma nova paragem.

Na sede do partido no Porto, Rui Rio defendeu que o Executivo deve avançar com um programa sustentado de recuperação económica, que deve assentar no investimento e na exportação.

O líder dos sociais-democratas falou ainda, esta quinta-feira, sobre a taxa de desemprego, que o partido considera que é “uma incógnita”. A taxa de desemprego conhecida hoje mostra que, em comparação com o mesmo período do ano passado, existe uma subida de 37%, que se traduz na existência de 40.302 pessoas desempregas atualmente.

O presidente do PSD afirmou que estes números serão seguramente mais altos e que a realidade do país só será conhecida daqui a dois ou três meses.