Politica

Ventura procura apoios no PSD

André Ventura convidou o presidente do Governo Regional da Madeira a apoiar a sua candidatura. ‘É normal que venha a apoiar o único candidato que defende a região’, diz ao SOL. 

André Ventura desafiou Miguel Albuquerque, presidente do Governo Regional da Madeira, a apoiar a sua candidatura à Presidência da República. O candidato e líder do Chega escreveu, esta semana, uma carta ao líder do PSD/Madeira a desafiá-lo  para integrar a sua candidatura presidencial. «Enquanto candidato presidencial tenho de reconhecer que a Madeira tem sido das regiões mais afetadas nos últimos anos pela inação do Governo e do Presidente da República, que tem sido sistematicamente cúmplice do Governo. Albuquerque tem feito e tentado fazer coisas e os poderes em Lisboa não deveriam criar obstáculos à Madeira, pelo contrário deveriam facilitar», afirma André Ventura ao SOL. Nesse sentido, acrescenta o candidato, «é normal que o Presidente do Governo Regional da Madeira venha a apoiar o único candidato com possibilidade de vencer e que efetivamente defende a região em matéria fiscal, financeira e de autonomia». 
André Ventura convidou Albuquerque para «ser um dos pilares da candidatura como Máximo Coordenador e Representante Político da mesma».  

O candidato argumenta que «não há dúvida de que a leve esperança de uma não recondução de Marcelo Rebelo de Sousa só pode ser concretizada» pela sua candidatura. 

Miguel Albuquerque defendeu uma aproximação entre o PSD e o Chega depois de Rui Rio ter admitido conversar com Ventura.  O presidente do Governo regional da Madeira ainda não terá respondido à carta, mas já garantiu publicamente que a possibilidade de avançar com uma candidatura a Belém «não está encerrada» e que «tudo dependerá das posições e programas que os candidatos, incluindo Marcelo Rebelo de Sousa, tomarem em relação à Madeira». Alberto João Jardim, na entrevista ao SOL, há uma semana insistiu na ideia de que o líder do PSD/Madeira deve avançar com uma candidatura a Belém contra Marcelo Rebelo de Sousa. 

A aproximação de Albuquerque ao Chega já mereceu críticas do PS/Madeira. 

Cafôfo ataca Albuquerque 
Paulo Cafôfo  defende que Miguel Albuquerque deve esclarecer «se quer governar a Madeira, se quer ser apoiante do Chega ou se quer ser Presidente da República». O socialista criticou o presidente do Governo Regional da Madeira por «abrir as portas à extrema-direita» e estar a colocar «em causa aquilo que foi construído em termos de princípios democráticos durante mais de 50 anos». 

André Ventura respondeu nas redes sociais. «Os palhaços habituais a serem os palhaços habituais. Nada de novo na República», escreveu na sua página do Facebook, partilhando a notícia com as críticas dos socialistas a Miguel Albuquerque.