Sociedade

Luz verde para voltar a nadar nas praias da Póvoa de Varzim

Desde quarta-feira que os banhos em sete praias da Póvoa de Varzim e numa praia de Matosinhos eram desaconselhados. "As análises confirmam que a qualidade é boa para banhos", explicou Pimenta Machado, vice-presidente da APA.


A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) levantou este domingo as restrições que desaconselhavam os banhos em sete praias da Póvoa de Varzim e numa praia de Matosinhos. O aviso esteve em vigor desde a passada quarta-feira, quando foram detetados valores anormais durante as habituais análises à água. Foi hasteada a bandeira vermelha e, esta sexta-feira, foram feitas novas recolhas para análise, tendo sido conhecidos este domingo os resultados. “As análises confirmam que a qualidade é boa para banhos”, referiu à Lusa Pimenta Machado, vice-presidente da APA. 

“As praias nunca estiveram interditadas ou proibidas. Houve alguma confusão nessa matéria. Mas estavam, de facto, desaconselhadas a banhos. E a boa notícia de hoje é que as análises são favoráveis e o aviso de desaconselhamento foi levantado”, acrescentou.

Pimenta Machado explicou ainda a causa provável que provocou uma alteração nos resultados das primeiras amostras: “O que acontece muitas vezes quando chove, e por ocasião da depressão Ellen choveu muito no Norte do país, é que pode ser arrastado material microbiológico para o mar quer pelos solos, quer pelas águas fluviais. Também se deve ter em consideração os feitos das correntes. Mas estes são episódios climatéricos apenas”.