Vida

"Estou furiosa por não ter ido primeiro". Vanessa Bryant continua inconsolável com morte do jogador

Viúva de basquetebolista partilha texto emotivo no dia em que o marido completaria 42 anos.

Kobe Bryant teria celebrado o seu 42.º aniversário no domingo passado e a família não quis deixar de assinalar a data. A viúva do basquetebolista partilhou nas Stories do Instagram um texto emotivo de homenagem ao jogador que morreu num acidente de helicóptero, assim como a filha de ambos, a 26 de janeiro.

“Para o meu bebé. Feliz aniversário. Amo-te e sinto a tua falta mais do que possa explicar. Gostaria que tu e a Gigi estivessem aqui para celebrarmos contigo", começou por escrever Vanessa Bryant.

"Gostava de poder fazer a tua comida preferida ou um bolo de aniversário com a minha Gigi. Tenho saudades dos teus grandes abraços, dos teus beijos, do teu sorriso, da tua gargalhada alta e profunda. Sinto falta de te provocar, de te fazer rir", acrescentou. 

Vanessa Bryant admitiu que está sempre a pensar no marido e que encontra consolo no que aprendeu com ele. "Estou sempre a pensar na tua ternura e paciência. Penso em tudo o que tu farias nas situações para me ajudar a lidar com tudo o que surge no meu caminho. Obrigada por cresceres comigo e me ensinares como ser forte", escreveu.

"Imagino o teu sorriso e os grandes abraços de boas-vindas diariamente. Deus, sinto tanta a falta dos dois. As nossas vidas parecem tão vazias sem ti e sem a Gigi", publicou, confessado que apesar de tudo se mantém forte pelas filhas Natalia, de 17 anos, Bianka, de três, e Capri, de um.

"Por mais que queira chorar, coloco um sorriso no rosto para fazer os dias das nossas filhas brilharem um pouco mais. Eu não sou forte, elas são. Elas são fortes e resilientes. Tenho a certeza que estás orgulhoso delas. Elas colocam um sorriso no meu rosto todos os dias", sublinhou. 

O desabafo da mulher do jogador continuou no tom emotivo: "Gostava de poder acordar deste pesadelo horrível. Gostava de surpreender as nossas meninas e receber-te a ti e à Gigi em casa. Estou furiosa por não ter ido primeiro. Sempre quis ir primeiro para que, de forma egoísta, não tivesse de sentir esta dor no coração. Tu devias sentir a minha falta. A Gigi devia estar aqui com as irmãs. Deveria ter sido eu".

"Há tantas coisas que gostava de poder contar-te e mostrar-te, a ti e à Gigi. [...] Muitos marcos das nossas meninas. Tantas coisas das quais ficarias orgulhoso. Estou muito grata por ter pedaços do céu aqui na terra para acordar, graças a ti. Obrigada por me amares o suficiente para durar várias vidas. Em cada vida eu escolher-te-ia a ti. Obrigada por me mostrares o que é o amor verdadeiro. Obrigada por tudo. Eu sei que a minha Gigi está a comemorar contigo como ela sempre fez nos nossos dias especiais. Sinto tanto a falta da minha princesa atenciosa. Natalia, Gianna, Bianka, Capri e eu desejamos-te um feliz aniversário, meu amor", acrescentou.