Sociedade

Homem que abusou sexualmente de filha menor durante três anos fica em prisão preventiva

Os abusos terão ocorrido entre 2010 e 2013.

A Polícia Judiciária deteve um homem, na Ilha de São Miguel, nos Açores, por "fortes indícios da prática reiterada do crime de abuso sexual de crianças, contra a própria filha". 

Segundo informa a autoridade, esta terça-feira, os abusos começaram quando a filha tinha seis anos e prolongaram-se até aos nove anos e terão ocorrido entre 2o10 e 2013.

O agressor, atualmente com 42 anos, abusava sexualmente da menor nos momentos em que a mãe da criança estava ausente, segundo explica a PJ, que acrescenta que os abusos terminaram quando o agressor fugido para o estrangeiro.

O homem, que tem antecedentes de violência doméstica foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido a medida de coação de prisão preventiva.