Desporto

Capitão do Manchester United condenado a 21 meses de prisão por agressão e tentativa de suborno

Maguire foi detido na passada quinta-feira, na ilha grega de Mykonos, na sequência de desacatos com um grupo de turistas, à porta de um bar.

O capitão do Manchester United, Harry Maguire, foi condenado a 21 meses e 10 dias de prisão com pena suspensa de três anos, por agressão e tentativa de suborno, segundo revelaram esta terça-feira funcionários do tribunal na Grécia, citados pelos media. Recorde-se que o futebolista de 27 anos foi detido na passada quinta-feira, na ilha grega de Mykonos, na sequência de desacatos com um grupo de turistas, à porta de um bar.

Apesar de não ter estado presente em tribunal, Maguire já disse que iria recorrer da sentença e continua a sublinhar que está inocente. "Depois da audiência de hoje [terça-feira], disse aos meus advogados para informarem imediatamente o tribunal que vou recorrer. Continuo forte e confiante em relação à nossa inocência neste assunto, em que eu, a minha família e amigos somos as vítimas”, disse o defesa central através de um comunicado. 

Segundo a imprensa local, a polícia foi chamada a intervir para terminar com a confusão entre os dois grupo. Maguire e o seu grupo de amigos foram levados para a esquadra, onde são acusados de terem agredido verbal e fisicamente os agentes.