Opiniao

A importância de Cristina num mundo de homens!

Ontem chegou-me um post que mostrava a verdadeira realidade perturbadora da ascensão de uma mulher, num mundo de homens. 

Ontem chegou-me um post que mostrava a verdadeira realidade perturbadora da ascensão de uma mulher, num mundo de homens. Isto a propósito de uma notícia que dava conta do percurso profissional da agora directora de entretenimento e ficção e acionista da Media Capital, a detentora da TVI, Cristina Ferreira. Dava conta de uma realidade que tenho vindo a demonstrar principalmente ao nível da área criminal mas que está tão patente e visível nas outras áreas que até faz arder os olhos! Todos os comentários, rebaixavam a Cristina, a um nível de insignificância e de desbarato e sobrepunham o machismo perante a sua dedicação e esforço durante anos para conquistar o seguinte lugar: Ser uma mulher livre e independente. Não precisar do avalo dos homens. Não precisar da sua aceitação. Nem da sua misericórdia. Não ter de sequer ouvir a sua opinião. Poder sentar-se na mesa das decisões e ser ouvida como uma mulher! No entanto, a Cristina, leu esses comentários, e eu li os comentários com duas sensações, uma: de profunda tristeza por continuarmos a ser um país misógino que acreditava que a Cristina ia ficar-se pela sua apresentação já tão bem conquistada e daí não passava e segundo por uma enorme satisfação em ver que aqueles comentários ali postos são a prova de que apesar de a Cristina os ler, chegou onde teve de chegar e vai até onde tiver que ir, sem que nenhum homem lhe diga quando deve parar de voar! Voa, Cristina, o mais alto que conseguires! Afinal, “Setembro” esteve sempre dentro de ti!