Internacional

Navalny terá sido envenenado da mesma forma que o ex-espião russo Sergei Skripal

Porta-voz de Angela Merkel garantiu à Sky News que os testes hospitalres mostraram “prova inequívoca” do agente nervoso no sistema do líder da oposição russa.

Os resultados de testes toxicológicos realizados pelo hospital onde Alexei Navalny está internado, em Berlim, revelam que o líder da oposição russa foi “sem dúvida” envenenado com um agente nervoso do grupo Novichok, uma substância neurotóxica desenvolvida pela União Soviética e pela Rússia nos anos 70 e 80.

A notícia é avançada pela Sky News, que cita fonte do Governo alemão. Segundo Steffen Seibert, porta- voz de Angela Merkel, os testes hospitalres mostraram “prova inequívoca” do agente nervoso.

O mesmo agente foi utilizado para envenenar, em 2018, o ex-espião russo Sergei Skripal e a sua filha. Os dois foram encontrados, em março desse ano, inconscientes num banco de jardim. As autoridades acusaram a Rússia do envenenamento.

Recorde-se que Navalny se sentiu mal a 20 de agosto, durante um voo de regresso de Tomsk, na Sibéria. O voo, com destino a Moscovo, aterrou em Omsk, na Sibéria, onde o opositor esteve aí internado, em coma e ligado a um ventilador até os médicos russos – depois de negarem uma primeira vez – autorizarem a transferência de Navalny para um hospital alemão. Na altura, os médios na Rússia afirmaram que não havia indícios de que o opositor tinha sido envevenado.