Sociedade

Basílio Horta vai reunir com reitora da Católica sobre nova faculdade em Sintra

Curso de medicina da Católica foi acreditado após várias ‘negas’.

O presidente da Câmara Municipal de Sintra e a reitora da Universidade Católica, Isabel Capeloa Gil, vão reunir-se no próximo dia 9 de setembro, na sequência do anúncio, feito esta quarta-feira, de que o curso de Medicina, daquela universidade, foi acreditado pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior.

O encontro, fez saber a autarquia, marca assim o início do processo de instalação em Sintra da nova Faculdade de Medicina da Universidade Católica.

“A instalação do futuro Campus Universitário e Faculdade de Medicina em Sintra foi o culminar de um longo caminho e de várias batalhas conduzidas e ganhas pela reitora da Universidade Católica, Isabel Capeloa Gil, a quem dirigimos as mais calorosas felicitações”, referiu o presidente da Câmara Municipal de Sintra num comunicado da autarquia.

Basílio Horta faz questão de sublinhar que a câmara de Sintra se manteve “sempre ao lado da Universidade”, pois está “consciente da importância dos objetivos que estavam em causa. Importância para o país e importância para Sintra”.

O autarca deixa também a promessa de que “tudo irá fazer, em colaboração com a Universidade Católica e com as entidades nacionais no sentido de assegurar a rápida instalação e funcionamento da nova faculdade”.

Para o presidente da câmara, “esta decisão é um passo fundamental que irá permitir a recuperação de um vasto território há muito tempo abandonado, mas sobretudo recuperar o projeto universitário de Sintra”.

“Um concelho que pretende estar no top dos concelhos mais desenvolvidos da Europa, necessitava muito de um projeto desta qualidade e grandeza”, defende o autarca.