Sociedade

Costa manifesta consternação pela morte de bombeiro em incêndio em Oliveira de Frades

O primeiro-ministro transmitiu ainda a todos os bombeiros uma mensagem “de solidariedade, incentivo e agradecimento pela forma empenhada com que todos os dias dão o seu melhor no combate aos incêndios".

O primeiro-ministro, António Costa, manifestou, esta segunda-feira, a sua consternação pela morte de um bombeiro, durante o combate a um incêndio em Oliveira de Frades, distrito de Viseu.

"Foi com consternação que recebi a notícia do falecimento do bombeiro Pedro Daniel Ferreira, do Corpo de Bombeiros Voluntários de Oliveira de Frades, durante as operações de combate a um incêndio que decorre na região. Endereço os meus sentidos pêsames à família, amigos e ao Corpo de Bombeiros Voluntários de Oliveira de Frades", escreveu Costa numa mensagem partilhada no Twitter.

“Endereço os meus sentidos pêsames à família, amigos e ao Corpo de Bombeiros Voluntários de Oliveira de Frades”, acrescentou.

O primeiro-ministro transmitiu ainda a todos os bombeiros uma mensagem “de solidariedade, incentivo e agradecimento pela forma empenhada com que todos os dias dão o seu melhor no combate aos incêndios, no apoio às populações, na defesa da floresta e por Portugal".

Recorde-se que a morte do bombeiro, de 41 anos, da corporação de Oliveira de Frades, enquanto combatia um incêndio, eleva para cinco o número de bombeiros que neste ano perderam a vida no combate aos fogos em Portugal.