Sociedade

Construção de hotel esbarra em ruínas

Obra é na esquina da Fontes Pereira de Melo com a António Augusto Aguiar, em Lisboa. Arqueólogos já investigam.

Construção de hotel esbarra em ruínas

DR  


Ruínas de fundações foram encontradas numa obra para a construção de um hotel que está a ser realizada na esquina norte da Avenida Fontes Pereira de Melo com a Avenida António Augusto de Aguiar, no centro de Lisboa. Segundo o SOL conseguiu apurar, trata-se de fundações que poderão ser do início do século passado, sem relevância patrimonal, mas o certo é que foram chamados ao local arqueólogos especializados, que estão a proceder à devida avaliação.
O SOL contactou a DireçãoGeral do Património Cultural bem como a Câmara Municipal de Lisboa, mas não conseguiu obter quaisquer esclarecimentos até à hora de fecho desta edição. 
Recentemente, no passado mês de julho, recorde-se, uma obra junto ao cais de Vila Nova de Gaia, distrito do Porto, também deixou visível um conjunto de estruturas do período romano. «Equipa da ERA realiza escavações arqueológicas em Gaia. Destaque para contextos do período romano, nomeadamente de estruturas implantadas a curta distância do rio Douro», pode ler-se numa publicação feita na página oficial de Facebook da empresa de arqueologia ERA.
Na altura, as ruínas ainda não podiam ser visitadas, uma vez que a obra estaria a decorrer, bem como não era conhecido o destino futuro do achado. No entanto, a equipa de arqueólogos adiantou que poderiam representar avanços relevantes no processo de conhecimento sobre o passado da região. Estes vestígios da ocupação romana recentemente descobertos junto ao cais de Gaia ajudaram, assim, a testemunhar a riqueza patrimonial do casco histórico daquela cidade. 

Os comentários estão desactivados.