Sociedade

GNR detém homem na Póvoa de Lanhoso com mandado de detenção europeu

O homem, um cidadão romeno, afirmou desconhecer o crime de que é acusado.

A GNR deteve, esta segunda-feira, um homem, na Póvoa de Lanhoso, no âmbito de um mandado de detenção europeu para cumprimento de pena de prisão.

"O homem foi abordado junto à residência", explicou a autoridade em comunicado, acrescentando que o homem de 40 anos afirmou "desconhecer o crime de que está acusado". O detido, um cidadão romeno, não terá oferecido resistência e viajou para a Roménia esta terça-feira.

Segundo a nota, o homem foi "transportado para o Gabinete Nacional Interpol, em Lisboa, tendo sido entregue pelos militares da Guarda às congéneres policiais romenas embarcando em avião comercial com destino à Roménia, tendo em vista o cumprimento da pena a que foi condenado".