Sociedade

Mulher acusada de esfaquear o marido diz que este caiu em cima da faca acidentalmente

Factos remontam a abril de 2018.

A mulher que está acusada de ter esfaqueado o marido nas costas enquanto este dormia alegou, esta quarta-feira, que a vítima terá caído acidentalmente em cima da faca.

A informação foi avançada por uma fonte ligada ao processo. Os factos ocorreram na madrugada de 11 de abril de 2018, no interior da residência do casal, nas Marinhas, concelho de Esposende, e terão tido origem numa desavença conjugal.
Segundo a mesma fonte, a mulher, que começou hoje a ser julgada, confirmou à à Instância Central Criminal da Comarca de Braga que os dois discutiram após um jantar em que terão exagerado no consumo de bebidas alcoólicas.

Segundo conta a fonte, citada pela agência Lusa, a arguida disse que pegou numa faca para descascar uma maçã e que, momentos depois, o homem terá caído em cima da faca, em circunstâncias que não soube descrever com precisão.

A mulher terá sublinhando, durante o início do julgamento, que foi a primeira a chamar os serviços de emergência. Já o homem, de 40 anos, alegou que foi agredido pela mulher, de 33 anos, indo assim ao encontro da tese do Ministério Público, que acusa a arguida de homicídio qualificado na forma tentada.

A vítima terá ainda dito que a mulher ficava muito agressiva quando exagerava no consumo de bebidas alcoólicas. Segundo a acusação, o homem "recolheu-se a um quarto, acabando por adormecer sobre uma cama, de barriga para baixo" e depois a mulher desferiu um golpe, "com força e de cima para baixo", e com uma faca de gume serrilhado.

A arma do crime ter-se-á partido ficando uma parte da lâmina espetada nas costas das vítima, que "só não morreu mercê da pronta assistência médica que lhe foi prestada", segundo o Ministério Pública.

A mulher, que foi detida no dia seguinte, encontra-se em prisão preventiva. A próxima sessão do julgamento está marcada para dia 23, onde serão ouvidas testemunhas como a filha do arguido, que diz ter sido ela a chamar os serviços de emergência.