Sociedade

Efemérides de 15 de Setembro de 2020

1821 Costa Rica, El Salvador, Guatemala, Honduras e Nicarágua declararam-se independentes da Espanha há 199 anos, uns para se integrarem no Império Americano do México, outros para reafirmarem a autonomia da América Central, que assim vingou, e em separado.

1928 O cientista e médico britânico Alexander Fleming (1881-1955) anunciou há 92 anos a descoberta da penicilina, o que lhe valeu o Prémio Nobel da Medicina em 1945, e permitiu iniciar uma luta muito mais vitoriosa contra as infecções graves.

1935 Os nazis, já no poder na Alemanha, sob a direcção de Hitler (1889-1945), decidiram há 85 anos a aplicação das Leis de Nuremberga que excluem definitivamente os judeus dos direitos de cidadania.

1949 O democrata-cristão Konrad Adenauer (1876-1967), considerado um dos arquitectos da economia de mercado, foi eleito há 71 anos o primeiro chanceler da Alemanha Federal (esteve no cargo até 63), após a II Guerra Mundial, sendo ainda hoje considerado o chanceler mais marcante do País.

1971 Primeira ação do Greenpeace, há 49 anos, em que 12 voluntários canadianos içaram uma bandeira com o símbolo da paz e partiram de Vancouver num velho barco de pesca, o Phyllis Cormack, com o objetivo de impedir um teste nuclear do Governo norte-americano em Amchitka, ilha ao largo do Alasca.

1979 O ex-ministro dos Assuntos Sociais  (II Governo Constitucional PS-CDS, 1978), o advogado António Arnaud (1936-2018), lançou o SNS, pelo que lhe é dedicado este dia em Portugal (ao SNS).

1998 O domínio google.com foi registado há 22 anos, tornando-se um ‘study case’ de rapidíssimo sucesso mundial e longevidade cibernética.

1999 O Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) do Ministério Público português entrou em funções há 21 anos.

2005 Assembleia da República (maioria PS de Sócrates) aprovou há 15 anos o fim de privilégios de titulares dos cargos políticos – que os tribunais têm contrariado o mais que podem.

2008 A Lehman Brothers, um dos gigantes da banca de investimento mundial, declarou falência há 12 anos, causando uma queda em todos os mercados financeiros, e assinalando uma crise no sistema financeiro global, para a qual ainda não se encontrou saída.

2015 A Coreia do Norte anunciou há 5 anos ter começado a operar o reator nuclear de Yongbyon, considerado a principal fonte de plutónio do regime de Kim Jong-un para abastecer o seu programa de desenvolvimento de armas nucleares, com que tem apoquentado o mundo.